Onde está o Wally? Wally existe?

Dois artistas franceses, Jean-Marie Delbes e Hatim El Hihi, dedicam-se a a atualizar as capas dos discos de grupos em que algum dos integrantes esteja morto. Tudo não passa de mera brincadeira para quem conhece a história da música. Uma forma de nos levar a imaginar o que seria a capa do disco se ela fosse feita hoje. Leva-nos a lembrar daqueles que se foram e da importância de sua obra. É válida a iniciativa e o deslumbramento que causa no público é suficiente para classificá-la como uma obra de arte.

Os Beatles em 2012.

Tal surpresa também impele à reflexão do significado da existência. Nós somos aquilo que motivamos na consciência dos demais. Ninguém é sozinho. Só se é em face do reconhecimento do outro. Ninguém se reconhece a si mesmo, mas nos vemos nos olhos de outrem. Isso significa que nossas ações só têm repercussão na medida em que os outros nos reconhecem nelas. Se essa ponte não é construída, não adianta espernear. Tal constatação é muito importante em termos políticos, pois significa que a estrutura de poder dominante pode, através de seus mecanismos de interferência na realidade, manipular os registros de ação individual, desaparecendo quem existiu ou fazendo existir que nunca pisou neste planeta. Quem melhor utilizou essa estratégia de combate à oposição foi o Estado soviético estalinista, que apagava da história e da memória quem fosse indesejável.

Nikolai Yezhov antes e depois de 1940.

Da noite para o dia, uma pessoa perdia o direito à existência histórica. No sentido oposto, é possível imaginar a criação de existências inexistentes. Eis o paradoxo entre o materialismo e idealismo. Só se é, quando o objeto se torna ideia, mas uma ideia depende necessariamente da materialidade do objeto, numa simbiose contínua, mas perigosa. As possibilidades de manipulações são infinitas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: